Preenchimento com Ácido Hialurônico

Você já deve ter ouvido falar sobre o preenchimento com ácido hialurônico. Mas você sabe quando ele deve ser usado?
O ácido hialurônico possui uma textura viscosa e incolor, que lembra um gel. Ele é uma substância já presente em nossa camada cutânea, o que o diferencia de outros preenchedores, como o PMMA (substância plástica, que fornece riscos a saúde).

Nosso organismo chega a degradar e sintetizar cerca de 1/3 de ácido hialurônico produzido diariamente. Porém devido à hábitos diários e com o passar dos anos, nosso corpo interrompe a produção desse ácido e a nossa pele passa a ficar desidratada e sem densidade, perdendo o volume, sustentação e firmeza.  Isso ocasiona o surgimento de rugas,  sinais de envelhecimento e linhas de expressão.

Como reconhecer a perda do volume?

  • Uma forma visual de identificar a perda de volume do rosto é o “triângulo da beleza”. Um rosto jovem possui uma distribuição de volume que cria uma aparência mais atraente, isso inclui:  Maçãs do rosto altas, Queixo definido, Pele lisa e  Linha da mandíbula bem definida e magra.

 

aplicação-triangulo-acido-hialuronico-1

  • À medida que vamos envelhecendo, esse mesmo triângulo se inverte, devido às seguintes alterações: Mandíbula mais ampla e linha caída, Forma do rosto flácida, Testa e as sobrancelhas com rugas e Cantos da boca virados para baixo.

aplicação-triangulo-acido-hialuronico-2

O preenchimento é justamente usado para repor esse volume perdido, preenchendo os espaços entre as células e atenuando os vincos e sulcos bem profundos, como por exemplo, o sulco naso-labial, o famoso “bigode chinês” e sulco naso-jugal, as olheiras.
Além do papel preenchedor, o ácido hialurônico proporciona contorno e hidratação à pele, pois tem a capacidade de atrair moléculas de água para a região que foi aplicado.

Onde ele pode ser aplicado?

Como já foi citado, o preenchimento com ácido hialurônico é comumente utilizado para tratar a perda de volume no rosto, como os sulcos faciais (bigode chinês e olheiras) e preechimento na região dos lábios (dando volume e tratando as rugas, popularmente conhecidas como “código de barras”).  Mas também pode ser aplicado com a finalidade de dar contorno à face, podendo ser usado no queixo, mandíbula, nariz e maçãs do rosto. Você pode ler mais sobre a harmonização facial aqui.

Como é feito o procedimento?

O preenchimento com ácido hialurônico é considerado um procedimento estético, pois não há cortes na pele, por isso é realizado na própria clínica. Inicialmente é usado um anestésico local, para maior conforto do paciente durante o procedimento. A dermatologista utiliza cânulas e agulhas bem finas  para realizar a aplicação injetável na região a ser tratada. O procedimento dura em média 30 minutos e já é possível retornar às atividades normalmente após a aplicação.

 

aplicacao-acido-hialuronico

Dói?

Tudo depende do limiar de cada pessoa, a percepção de um para o outro é variável. Mas de maneira geral, o procedimento costuma ser bem tranquilo. O anestésico ameniza bastante o desconforto do paciente.

Quais são os cuidados pós procedimento?

Após a aplicação, é possível que o paciente apresente um leve inchaço ou hematomas no local, sintomas que desaparecem em média de 7 dias. A prática de exercício físico no dia da aplicação deve ser evitada, bem como a exposição ao sol, durante a fase de hematomas, a fim de evitar manchas na pele.

Existe contra indicações?

O ácido hialurônico é uma substância natural e biocompatível com o nosso organismo, por isso as chances de reações adversas são bem pequenas. Porém,  é muito importante que você passe por uma consulta com um profissional, para avaliar as possíveis alergias e contra indicações.

Qual é o tempo de duração?

O tempo de duração pode variar de 8 à 18 meses, dependendo da idade, hábitos diários, e tipo de pele do paciente.

 

 

Dúvidas / Agendamento

Dúvidas / Agendamento